Aceitando a Vontade de Deus



Você já conheceu alguém que perdeu tudo na vida? Alguém de posição social e de recursos e que perdeu tudo? Ou conheceu alguém que perdeu sua família, seus filhos? Pois bem, provavelmente você conheceu alguém que se encaixa em parte nesse quadro. Esse quadro pintado em cores acinzentadas e tristes. Mas, se essa pessoa além de perder tudo, perdesse a saúde? Que quadro de desespero! Que situação lastimável!

Eu gostaria de lhe apresentar um homem que viveu tudo isso: seu nome era Jó. Esse homem foi retratado na Bíblia como um homem temente a Deus e justo em tudo. Até que um dia, satanás, que não estava feliz com a prosperidade e comunhão de Jó com Deus, diz a Deus que Jó só era fiel porque tinha tudo. Após esse diálogo de Deus com satanás, a vida de Jó dá um giro de 180º (Jó 1.1-22). Nunca mais a vida de Jó seria a mesma. Ele perde bens, família, e a única coisa que resta para ele é uma mulher néscia que diz a ele para amaldiçoar o Deus dele e morrer. A ênfase do Livro de Jó está na reação dele a todo infortúnio de sua vida. A resposta que ele dá a sua esposa é maravilhosa! “ Então, sua mulher lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre. Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios” (Jó 2. 9-10). Ainda no capítulo um ele responde: “Então, Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a cabeça e lançou-se em terra e adorou; e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma (Jó 1.20-22).

Esse livro de Jó vem em minha mente em um momento em que a tragédia da TAM não sai de nossa cabeça e dos brasileiros em geral. Fiquei pensando: “se fosse um parente nosso?”, “esposa e filhos?”, ou se fosse a nossa hora de partir? Estaríamos preparados para tudo isso? Estaríamos preparados para responder como Jó?

Queridos, como é difícil aceitar a vontade de Deus em nossa vida! Às vezes nas pequenas coisas, não aceitamos. Diante de qualquer coisa que contrarie a nossa vontade, agimos como crianças malcriadas que fazem escândalos em locais públicos: choramos, emburramos e agimos com rispidez ao menor desagrado de nossa vontade. Então, como aceitar a vontade de Deus em nossa vida, se nas mínimas coisas somos mimados?

Creio que muitos de nós entraríamos em desespero se estivéssemos no lugar de Jó! E é bom salientar que Jó não sabia de seu futuro, como nós sabemos o que aconteceu com ele. Ele aceitou a vontade de Deus, porque ele tinha convicção que a vontade de Deus é perfeita, agradável. Ainda que pareça algo desastroso aos nossos olhos, Deus vê além de nossa visão embaçada pelo pecado que ainda reside mesmo nos regenerados.

Jó tinha certeza que Deus estava no controle! Que sua vida jamais saiu das mãos carinhosas de seu Pai. Por isso, ele estava pronto para receber o bem e o mal. Jó não se resignou com sua dor, não! Ele confiou que Deus é bom e faz o bem para os que confiam nEle. É na confiança de que tudo que Deus faz é bom, que Paulo pode exclamar: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm 8.28) .

Aceitar a vontade de Deus passa pela autonegação, pois é preciso negar minha vontade e dizer: “a vontade do Senhor é perfeita”; “nada foge à Sua Vontade!”. Imagine, apenas uma hipótese, que uma pessoa estivesse pronta para pegar aquele avião da TAM, mas por um motivo alheio a nossa compreensão, ela não conseguiu. Se essa pessoa aceita a vontade de Deus, ela diria: “fiz tudo o que minha responsabilidade humana poderia fazer, mas, não deu para pegar o avião, portanto foi a vontade do Senhor que eu não viajasse”. Imagine uma segunda situação, essa pessoa fizesse um escândalo enorme para viajar, esperneasse, chorasse, fizesse diversos tipos de birras e escândalos, mas, mesmo assim, não viajasse. Hoje ela diria: “foi Deus”! Mas, precisava disso tudo para ela saber que os nossos dias estão contados e que ela deve descansar no Senhor? Será que muitas pessoas precisam bater a cabeça e brigar com os outros para saberem que Deus realiza sua vontade independentemente de nós?

Creio que existe muitos crentes que querem viver como Jonas. Fugindo da vontade de Deus e tendo que ser levados de volta à vontade Deus de maneira drástica. Acredito que temos muitos mais crentes Jonas do que crentes Jó.

Seja um crente Jó, pois a vontade de Deus será realizada e é melhor você recebê-la com a certeza de que é melhor do que a sua. “Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte” (Pv 16.25).

Quando você aprende a aceitar a vontade de Deus, você pode dizer: “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem” (Jó 42:5).

Aprenda a aceitar a vontade de Deus nas mínimas coisas da vida, para que, quando chegue a grande provação, você possa dizer: ...temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Deus nos faça aceitar a sua vontade assim como Cristo nos ensina no Pai Nosso: “venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu” (Mt 6.10).

Deus nos abençoe!

Rev. Ricardo Rios Melo




Comentários

Luárida disse…
REV. GRAÇA E PAZ NOS SEJAM MULTIPLICADAS...ESTAVA EU NO GOOGLE A PESKIZAR"AVONTADE DE DEUS"
PRA MANDAR ALGO A MINHA MAIGA KI PASSA POR UM MOMENTO DIFICIL DE DOENÇA DE SEU PAI,E ACHEI SUA REFLEXÃO..KI CONDIZ COM O KI CREIO SOBRE A SOBERANIA DE DEUS SOBRE NÓS E SOBRE SUA CRIAÇÃO..
GOSTEI POR DEMAIS,KI BOM SABER KI EXISTEM (AINDA) HOMENS DE DEUS COMPROMETIDOS COM A VERDADE DAS ESCRITURAS E NÃO COM O KE O POVO "DESEJA OUVIR"PARA SATISFAZER "ÀS SUAS VONTADES"...DEUS O ABENÇOE REV.

RUTH
Cara Ruth,

É bom saber que Deus tem sido glorificado por intermédio desse blog. Sou apenas um vaso nas mãos do Oleiro. Por isso, ore para que Ele me sustenha!

Que o Soberano Deus conforte o coração de sua amiga!

Deus te abençoe!
em Cristo,
Rev. Ricardo Rios
Marcela disse…
Eu estava bem aqui no meu PC, procurando o que dizer no meu grupo escolar, que se reúne todos os dias na hora do recreio e achei, por vontade de Deus, o seu estudo. Me tornarei uma leitora assídua do seu blog. E muito obrigada eu também precisava ouvir o que aqui está escrito. Continue sendo um instrumento nas mãos do Senhor, que ele sempre de guie e cuide do senhor.

Marcela
Cara Marcela,

Muito obrigado por sua participação e por seguir o Blog. Minha intenção é glorificar o nosso Deus por intermédio desse veículo tão precioso que é a internet.
Fico muito grato a Deus quando as pessoas são abençoadas pelas mensagens.

Deus abençoe!

Rev. Ricardo Rios
Anônimo disse…
Estava a elaborar uma pregação estava um pouco despreocupada pois tinha uma semana para elaborá-la mas é como Deus quer e foi encurtado o prazo da pregação... foi um susto mais confiei no Senhor. Deus tinha ministrado uma palavra sobre esse tema cheguei a duvidar e eu fiquei na internet pra ver se encontrava algo interessante claro que não pra copiar e sim pra ter mais idéias e enfim quando entrei nesta página essas palavras me ajudaram muito e foi confirmada a palavra que Deus ministrou em meu coração.
QUE DEUS TE ABENÇOE E TE DÊ SABEDORIA E ENTENDIMENTO. GRAÇA E PAZ
Obrigado pela visita e fico feliz por ter sido edificante em sua vida!

Deus abençoe!
Rev. Ricardo Rios

Postagens mais visitadas deste blog

Igreja missionária, o que é isso?

“Sem lenço e sem documento” – uma análise do crente moderno